Este dia em horror: O EXORCISTA estreou – Dread Central

0 37

Este dia de horror: estréia do exorcista

Lançado neste dia em 1973: O Exorcista

Um dos melhores filmes de todos os tempos, O Exorcista foi baseado no romance homônimo de William Peter Blatty e conta a história da possessão demoníaca de uma jovem e as tentativas de exorcizar o demônio.

A produção do diretor William Friedkin foi problemática desde o início. Um incêndio queimou a maior parte do cenário no início das filmagens, causando um atraso de seis semanas. Quando eles retornam, um problema com o sistema de aspersão causou outro atraso de duas semanas. As filmagens acabaram levando mais de nove meses para serem concluídas, e o orçamento supostamente dobrou ao longo das filmagens.

Praticamente todos os atores e membros da equipe envolvidos na produção sofreram ferimentos ou tragédia. Linda Blair (Regan) e Ellen Burstyn (Chris) sofreram graves lesões nas costas devido a arreios durante alguns dos disparos de efeitos. O irmão de Max Von Sydow (padre Marrin) morreu inesperadamente na Suécia no dia em que Von Sydow deveria começar a filmar. Mais tarde, ele adoeceu, adiando ainda mais sua agenda. Jack MacGowran (Burke) morreu repentinamente apenas uma semana depois que ele embrulhou; Vasiliki Maliaros (mãe de Karras) também morreu pouco depois de sua parte. Um zelador e um técnico morreram (aparentemente não relacionados às filmagens, mas mesmo assim durante a produção). Um carpinteiro perdeu o dedo e um técnico de iluminação perdeu o dedo em acidentes no set. O filho de Jason Miller (padre Karras) quase foi morto na praia por um motociclista que "apareceu do nada". Dez dias no hospital, e o garoto fez uma recuperação repentina e "milagrosa". Burstyn foi citado como tendo dito que nove mortes ocorreram durante o curso da produção. Enquanto filmava no Iraque, metade da tripulação de 18 homens adoeceu com insolação e disenteria, e adereços perdidos resultaram em outro atraso nas filmagens de duas semanas.

Friedkin finalmente pediu ao padre Bermingham, padre jesuíta e consultor técnico do filme, para exorcizar o cenário. Ele recusou, afirmando que não havia provas suficientes de possessão demoníaca, mas ele abençoou o cenário e todo o elenco e equipe. Não houve outros incidentes relatados depois disso.






Fonte

Leave A Reply

Your email address will not be published.